Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

Amigos

Imagem
Amigos, eu me formei em Administração de Empresas, (Finanças), logo em seguida fiz Informática. Em minha vida profissional sempre utilizei a Internet sempre voltado ao meu trabalho. Ano passado após o falecimento de minha mãe, fiquei um período revendo meus valores, foi quando lendo as poesias que minha mãe escrevia, passei a me interessar e criei este Blog, não imaginava que seria contemplado com a visita de muitos amigos e    acrescentando passei a integrar a comunidade Dihittiana, também não esperava encontrar tantos amigos especiais.


Agradeço a vocês todos de coração, obrigado pela atenção  e pelo carinho que recebi.




FELIZ  2011 A TODOS VOCÊS E SUAS FAMILIAS. Quando eu estou aqui Eu vivo esse momento lindo
Olhando pra você
E as mesmas emoções
Sentindo... São tantas já vividas
São momentos
Que eu não me esqueci
Detalhes de uma vida
Histórias que eu contei aqui... Amigos eu ganhei
Saudades eu senti partindo
E às vezes eu deixei
Você me ver chorar sorrindo... Sei tudo que o amor
É capaz de …

Feliz Ano Novo

Aos amigos do Blog e aos amigos do Dihitt.
Agradeço a todos, o carinho, a amizade, e o tratamento que me dispensaram neste ano, que esta chegando ao seu final, Espero que  todos façam uma reflexão, e desejo que no próximo ano, a vida dê  a vocês, tudo o que desejem.


Feliz Ano Novo, Paz, Amor, Saúde  a todos.
Há algum tempo atrás eu publiquei um artigo bem interessante, abaixo estou  recolocando  para ilustrar o que quero transmitir:
Filho e pai caminhavam por uma montanha. De repente , o menino cai, machuca-se e grita:

Ai!

Para a sua surpresa, escuta sua voz repetindo em algum lugar da Montanha:

Ai!

Curioso o menino pergunta :

Quem é você?

Recebe a resposta:

Quem é você?

Contrariado grita:

Seu covarde!

Escuta como resposta:

Seu covarde!

Confuso o garoto pergunta ao pai:

O que é isso?

O pai sorri e diz:

Meu filho, preste atenção.

Então, o pai grita em direção a montanha:

Eu admiro você!

A voz responde:

Eu admiro você!

De novo, o pai grita:

Você é um campeão!

A voz responde:

Você é um campeão!

O menino fica espant…

A todos os amigos que visitam este blog - uma homenagem

Eu estou pensando em você hoje porque é Natal, e eu lhe desejo felicidade.
E amanhã, porque será o dia seguinte ao Natal,
Eu ainda lhe desejarei felicidade.
Eu posso não ser capaz de lhe falar sobre isto diariamente,
Porque eu posso estar ausente, ou nós podemos estar muito ocupados.
Mas isso não faz diferença - Meus pensamentos e meus desejos estarão com você da mesma forma.
Qualquer alegria ou sucesso que você tenha, me fará feliz. Me iluminará por todo ano.
Eu desejo à você o Espírito do Natal.
Van Dike

Uma pequena Homenagem aos amigos do Dihitt.

Que neste Natal,
eu possa lembrar dos que vivem em guerra,
e fazer por eles uma prece de paz.

Que eu possa lembrar dos que odeiam,
e fazer por eles uma prece de amor.

Que eu possa perdoar a todos que me magoaram,
e fazer por eles uma prece de perdão.

Que eu lembre dos desesperados,
e faça por eles uma prece de esperança.

Que eu esqueça as tristezas do ano que termina,
e faça uma prece de alegria. Que eu possa acreditar que o mundo ainda pode ser melhor,
e faça por ele uma prece de fé.

Obrigado Senhor


Por ter alimento,
quando tantos passam o ano com fome.

Por ter saúde,
quando tantos sofrem neste momento.

Por ter um lar,
quando tantos dormem nas ruas.

Por ser feliz,
quando tantos choram na solidão.

Por ter amor,
quantos tantos vivem no ódio.

Por ter amigos, Quantos não entendem o que significa amizade

Pela minha paz,
quando tantos vivem o horror da guerra.

Ofereço este texto a todos os amigos do Dihitt,, Jackie, Della, Juci, Valéria, Neusa, Sandra, Radi, Atena, Simone, Rosangela,  Mad, Vitor, Kassya, Claudia, Sam…

Acreditar??

As vezes não sei o que quero da vida, e as vezes eu não sei o que esperar das pessoas. Já tive planos e já pensei que seria o que hoje já não quero mais ser. Me fizeram acreditar que amor pra valer eu ia sentir só uma vez na vida, e que as outras vezes iria ser um “gostar apaixonado”, e que esse gostar era coisa pequena, coisa sem valor. Me fizeram acreditar que eu só iria ser feliz realmente quando encontrasse a minha alma gêmea, e que quando ela surgisse na minha vida meu coração iria bater mais rápido, minhas pernas tremer, meus olhos brilhar e meu coração se abrir sem medo. Me fizeram acreditar que alguém iria me amar de verdade apenas uma vez, e se eu não valorizasse tal sentimento nunca mais iria encontrar algo semelhante. Me fizeram acreditar que só existe uma fórmula para a felicidade, e que se eu escapasse dela estaria condenada a infelicidade. Me fizeram acreditar que a gente não aprende gostar das pessoas, e que a insistência é a base do fracasso. Me fizeram acreditar que a beleza…

Quem sou eu?

Quando não temos nada de prático nos atazanando a vida, a preocupação passa a ser existencial. Pouco importa de onde viemos e para onde vamos, mas quem somos é crucial descobrir.
A gente é o que a gente gosta. A gente é nossa comida preferida, os filmes que a gente curte, os amigos que escolhemos, as roupas que a gente veste, a estação do ano preferida, nosso esporte, as cidades que nos encantam. Você não está fazendo nada agora? Eu idem. Vamos listar quem a gente é: você daí e eu daqui.
Eu sou verão, disparado. E ligeiramente primavera. Sou Woody Allen. Sou Lara Fabian. Sou Andrea Bocelli. Sou Nelson Motta. Sou Saramago.
Sou pães, queijos e vinhos, os três alimentos que eu levaria para uma ilha deserta, mas não sou ilha deserta: sou metrópole. Sou bala azedinha. Sou coca-cola. Sou salada caprese. Sou camarão à baiana. Sou filé com fritas. Sou sundue de chocolate com castanhas. Sou linguado com molho de limão. Sou cachorro-quente só com ketchup.
Do churrasco, sou o pão com alho.
Sou livros.…

Afinal o que somos??

Imagem
Ainda ontem alguem me perguntou porque a maioria dos textos eram de  outros autores. Bom por isso escrevi esta matéria  abaixo. Quando eu escrevo ou faço postagem de um texto, ele primeiramente tem que servir a mim por algum propósito, e se ele me foi útil, então acho que de alguma maneira esse mesmo texto poderá ser útil a outras pessoas e eu ficarei muito feliz se pelo menos uma pessoa dispensar um minuto que seja para ler e refletir.
Então : Vamos lá.
A auto aceitação é um dos desafios que recebemos da vida. ( afinal eu ainda gostaria de saber o que realmente viemos fazer aqui?). Ou vivemos como pessoas livres  sem nos importarmos com as opiniões alheias, ou aceitamos ser manipulados e viver afastados e separados daquilo que sentimos e pensamos. Quando aceitamos a nós mesmos,  como nós realmente somos com nossos defeitos e nossas virtudes, eliminamos as amarras de uma doentia dependência que nos vinculam aos outros, cujos costumes, crenças e valores não são os nossos. E reconhecemo…

A Receita do Amor

- Oi amor! Tudo bem? Tudo... foi bom te encontrar, eu queria comentar uma coisa com você. O que? Fale. - Eu estava ouvindo o rádio e tocava aquela música do Cazuza. - Qual? - Aquela em que ele diz que "o nosso amor a gente inventa". Claro que é apenas uma forma poética que ele arranjou para falar de amor. Eu acho que o Cazuza é um grande poeta. - Como é, ele não morreu? - Morreu, mas está vivo. Na minha opinião, poeta nunca morre, permanece vivo em sua obra, em sua arte! - Nunca pensei nisso, mas amor se inventa? - Se o poeta o disse, não sou eu, um simples escritor de coração, quem irá contrariá-lo. - Se assim for possível, tenho uma proposta a fazer. Que tal inventarmos um amor? Que tal inventarmos o nosso amor? - Gostei da idéia, fala mais. - Será um amor diferente. Não um amor comum, como estes que andam por aí. Para inventarmos um amor diferente precisaremos ter uma receita. - Receita? - É, uma receita muita bem pensada, muita bem elaborada. Afinal será a receita do nosso amor. - Inventor u…

Crônica do Amor

Imagem
Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.

Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.

Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo,nem no
ódio vocês combinam. Então?

Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora bri…

O Contrario do Amor

Imagem
O contrário de bonito é feio, de rico é pobre, de preto é branco, isso se aprende antes de entrar na escola. Se você fizer uma enquete entre as crianças, ouvirá também que o contrário do amor é o ódio. Elas estão erradas. Faça uma enquete entre adultos e descubra a resposta certa: o contrário do amor não é o ódio, é a indiferença.

O que seria preferível, que a pessoa que você ama passasse a lhe odiar, ou que lhe fosse totalmente indiferente? Que perdesse o sono imaginando maneiras de fazer você se dar mal ou que dormisse feito um anjo a noite inteira, esquecido por completo da sua existência? O ódio é também uma maneira de se estar com alguém. Já a indiferença não aceita declarações ou reclamações: seu nome não consta mais do cadastro.

Para odiar alguém, precisamos reconhecer que esse alguém existe e que nos provoca sensações, por piores que sejam. Para odiar alguém, precisamos de um coração, ainda que frio, e raciocínio, ainda que doente. Para odiar alguém gastamos energia, neurônios…

Multifloranet, Amigos Para Sempre 2

Imagem
Agradeço a Homenagem ao Amigo Victinho. Obrigado de coração.

Para Se Roubar Um Coração

Imagem
Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto, não se alcança o coração de alguém com pressa. Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente, apoderar-se dele aos poucos, com cuidado. Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, na verdade, teremos que furtá-lo, docemente. Conquistar um coração de verdade dá trabalho, requer paciência, é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, aplicar uma renda em um vestido, tratar de um jardim, cuidar de uma criança. É necessário que seja com destreza, com vontade, com encanto, carinho e sinceridade. Para se conquistar um coração definitivamente tem que ter garra e esperteza, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos, daquela que existe guardada na alma em todos os momentos. Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, é preciso que ele já tenh…

A Verdadeira História de Romeu e Julieta

Sabem porque Romeu e Julieta são ícones do amor ?  
São falados e lembrados, atravessaram os séculos incólumes no tempo, se instalando no mundo de hoje como casal modelo de amor eterno ?  
Porque morreram e não tiveram tempo de passar pelas adversidades que os relacionamentos estão sujeitos pela vida afora.  
Senão provavelmente Romeu estaria hoje com a Manoela e Julieta com o Ricardão.
Romeu nunca traiu a Julieta numa balada com uma loira linda e siliconada motivado pelo impulso do álcool.  
Julieta nunca ficou 5 horas seguidas esperando Romeu, fumando um cigarro atrás do outro, ligando incessantemente para o celular dele que estava desligado.  
Romeu não disse para Julieta que a amava, que ela especial e depois sumiu por semanas.  
Julieta não teve a oportunidade de mostrar para ele o quanto ficava insuportável na TPM.  
Romeu não saia sexta feira a noite para jogar futebol com os amigos e só voltava as 6:00 da manhã bêbado e com um sutiã perdido no meio da jaqueta (que não e…

Conhecendo os amigos

Mesmo sabendo que muitos amigos não gostam de memes, ,mas minha curiosidade em saber mais algumas coisas de voces é grande então, vou lançar aqui um “meme”, e vou convidar alguns amigos. Pra quem não sabe, “meme” é um post onde sujeitos com tempo sobrando blogueiros com  espírito colaborativo convidam outros blogueiros com muito tempo sobrando para falar sobre um assunto ou continuar um post. 
Vou fazer um texto um texto respondendo às mesmas questões.  Vamos lá.
Aqui estão as questões, eu vou responder.
Vida - O maior dos mistérios, a maior dádiva, felizes de nós que participamos dela.
Morte - É a única certeza que temos, e não quero estar perto na hora.
Vida após a morte -  Até hoje não conseguir chegar a uma conclusão, mas se houver deve ser fantástica.
Reencarnação - Bem, é uma certeza que não temos, pois se existir, demonstra uma estrutura imensa além do que nossa imaginação alcança.
A nossa insignificância diante do universo infinito - Não conhecemos basicamente nada, e diante de tanta…

Comigo e Sentigo

Sabemos como foi uma paixão pelo modo como ela termina. Esta frase está no livro “O passado”, do argentino Alan Pauls, mas não precisaria estar em livro nenhum para que a avalizássemos. A maneira como se coloca o ponto final nas relações deixa evidente o verdadeiro espírito que norteou o que foi vivido.

Que tipo de final desejamos? De preferência, nenhum. Todos querem um amor para sempre, desde que ele se mantenha estimulante, surpreendente, à prova de tédio. Ou seja, um amor miraculoso. Como milagre é do departamento das coisas impossíveis, é natural que as relações durem alguns anos, ou muitos anos, e depois acabem. Lei da vida. Sofre-se o diabo, mas raros são aqueles que nunca passaram por isso. O que fazer para amenizar a dor? Talvez ajude se analisarmos o final para entender como foi o durante.

Há os finais chamados civilizados. Ambos os envolvidos percebem o desgaste do relacionamento, conversam, tentam mais um pouco, conversam novamente, arrastam a história mais uns meses, veem…

Selo Dardos

Imagem
Fui homenageado com o selo Dardos por três amigas pelas quais tenho grande admiração e carinho. Estou muito contente e agradecido pela lembrança. Anteriormente já havia sido lembrado pelo amigo Radi no blog Da Ficção para a Realidade e agora pelo blog Vida.

O primeiro selo é de uma pessoa, culta, se expressa muito bem, e navega sobre todos os assuntos a que se propoe de forma magnífica. Essa amiga do coração é Neusa Fiesta. Obrigado Neusa pela lembrança.

Seu blog é Deepinfiesta    http://www.deepinfiesta.com/

O segundo selo é da amiga Atena , psicóloga, escritora sensacional, adoro suas postagens e um grau de evolução espiritual bem elevado. Estou seguindo seus passos. Grato Atena pela lembrança.

Seu blog é Expansão da Consciência http://www.expandiraconsciencia.blogspot.com/

O terceiro é da amiga Della Coelho, poeta excepcional, admiro e curto  suas poesias, escreve com alma. Sou imensamente grato pela lembrança.

Seu blog é della coelho http://dellacoelho.blogspot.com/


Agora segue a…

Crescimento

A carpa japonesa ( koi) tem a capacidade natural de crescer de acordo com o tamanho do seu ambiente. Assim, num pequeno tanque, ela geralmente não passa de cinco ou sete centímetros – mas pode atingir três vezes este tamanho, se colocada num lago.
Da mesma maneira, as pessoas tem a tendência de crescer de acordo com o ambiente que as cerca. Só que, neste caso, não estamos falando de características físicas, mas de desenvolvimento emocional, espiritual, e intelectual.
Enquanto a carpa é obrigada, para seu próprio bem, a aceitar os limites do seu mundo, nós estamos livres para estabelecer as fronteiras de nossos sonhos. Se somos um peixe maior do que o tanque em que fomos criados, ao invés de nos adaptarmos a ele, devíamos buscar o oceano – mesmo que a adaptação inicial seja desconfortável e dolorosa.

Olhando para o próprio umbigo

Olhando para um poster de Britney Spears, me fez pensar em algo que jamais havia levado a sério. A partir desse poster, comecei a ver que havia – por parte das mulheres jovens, já que os homens não tem elegância suficiente para tal – uma obsessão compulsiva em mostrar o próprio umbigo.
Muitas línguas do mundo têm a mesma expressão, quando se trata de definir uma pessoa centrada apenas em si mesma: Está olhando para seu próprio umbigo!
Por quê ? Ela me levou a fazer descobertas interessantes. Primeiro procurei uma enciclopédia, onde o umbigo é descrito de maneira muito limitada: cicatriz resultante da queda fisiológica (natural) do cordão umbilical. Geralmente em humanos possui formato redondo e fundo.
Ainda bem que não parei por ai, e aos poucos comecei a ver que a tal “ cicatriz redonda e funda” possui referências históricas sérias. As culturas antigas usavam as mesma palavra para definir os lugares que consideravam sagrados.
No templo da Grecia onde se profetizava o futuro – o oráculo d…