Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

Muda Brasil

Imagem
Gráficos disponíveis em páginas do Facebook mostram um aumento significativo no número de seguidores de grupos separatistas após o dia 25 de outubro, quando foi definido o resultado do segundo turno das eleições presidenciais doBrasil. Em entrevista,Júlio César Bueno, 24 anos, presidente do Movimento São Paulo Independente (MSPI) desde o ano passado, disse que o resultado da votação despertou o sentimento de separatismo em eleitores do Sul e do Sudeste do País. Apesar de a “divisão” do Brasil ter sido desmistificada pelo historiador econômico Thomas Conti, dados da rede social apontam que a página do MSPI ganhou 17,7 mil novas curtidas ao longo desta semana, o que representaria um crescimentode 267,3%. O Movimento O Sul é o Meu País chegou a atingir cerca de 273% de aumento no número de seguidores. De acordo com os gráficos disponibilizados pelo site, os maiores índices foram alcançados no dia seguinte às eleições. “Ficou muito claro, pelo resultado final, que Dilma Rousseff teve uma vo…

Vamos dividir o Brasil - Muda Brasil

Imagem
O Povo Brasileiro já pintou o rostos em várias ocasiões, agora acho que esta na hora de pintarmos de novo para acertar de vez com tudo o que esta errado, a Dilma fica com o Nordeste e Norte e o Aécio Fica com o Sul,Sudeste e Centro Oeste.
Vamos acabar de vez com esta baderna que virou o Brasil. Aproveitando o movimento separatista do Sul, vamos aproveitar e criarmos um novo pais.
1 Movimento separatista de São Paulo
EXTRA - A ideia do movimento é propor a discussão ou realmente levar à frente um movimento para separar São Paulo do país? — São Paulo Livre tem por objetivo abrir uma discussão junto à sociedade paulista sobre as vantagens de um eventual processo de independência. Apoiamos a ideia de viver num país menor, com muito menos burocracia e mais incentivos à livre iniciativa e ao progresso individual pelo próprio mérito. Acreditamos que São Paulo tem condições, se virasse um país independente, de proporcionar uma vida melhor para seus habitantes. Mas essa é a nossa opinião. Quem t…