Na contramão da vida


A espécie humana foi criada, assim como as demais para uma evolução contínua, mas o que seria um ponto favorável (desenvolvimento tecnológico) a toda a vida em nosso planeta, está se tornando o estopim para grandes desastres ambientais.
O ser humano que é um animal racional, se destaca dos ditos irracionais pela capacidade de pensar, capacidade esta, que através da qual, criamos grandes avanços em muitas áreas, tais como: indústrias automobilística, alta tecnologia (telefonia, computadores, internet), eletro-eletrônicos, etc... enfim, citei aqui alguns dos inúmeros progressos da humanidade. O que inicialmente parece ser bom para a qualidade de vida em nosso planeta, acaba por destruir aquilo que nos é essencial: a Natureza!
Nos dias de hoje, o que mais ouvimos nos meios de comunicação é sobre o aquecimento global, que é a grande preocupação mundial da atualidade. Este aquecimento afeta todo o clima do planeta e, pode comprometer toda a vida na Terra. Nós seres humanos, poluímos um dos nossos maiores tesouros que é a água; poluímos nosso ar com queimadas propositais, com fumaça produzida pelos nossos mais modernos (e antigos) carros; desmatamos nossas florestas pensando em móveis novos e modernos, em nosso consumo (desenfreado) de papel, etc... Ao longo dos anos, fica evidente que o homem têm causado profundo impacto sobre o meio ambiente . Isso se deve à falta de políticas que visem um desenvolvimento sustentável, para que progresso e preservação ambiental caminhem juntos, proporcionando benefícios reais, com qualidade de vida a todos nós e para as gerações vindouras.
Responsabilidade sócio-ambiental deve ser uma questão de ética de todos os indivíduos, sendo eles pessoas físicas ou jurídicas,no sentido de desenvolver uma consciência ambiental na sociedade, visando o bem-estar da presente e das futuras gerações. Todos nós temos que realizar ações práticas e objetivas de preservação e redução de danos ao meio ambiente, pois projetos que ficam apenas no papel, e boas intenções que não se praticam, conduz a humanidade e toda a vida terrestre ao encontro dos caos...
A humanidade caminha na contramão da vida plantando destruição, e seus frutos serão colhidos sofridamente num futuro próximo, e que talvez tenha um gosto muito amargo de extinção. Pense nisso...

Comentários