Alguém chamado Luz

Luz que Deus te fez.

Que da ordem divina,

Ou do amor da mãe,

Se fez a menina.

Luz que o caminho ilumina.

Que exemplifica a doutrina.

Que nos mostra a saída,

Que dá encontro a alma perdida.

Luz de quem vem ao mundo.

Que do raio por um segundo,

Dá força e sensação.

Luz que aquece ao ser no ninho.

Que se apaga ao carinho,

Quando é noite de amor

Luz que me faz renascer,

Pois em cada amanhecer,

É nova esperança de vida.

Luz que tu tens em teu nome.

Que te orgulha e consome,

Ao coração de quem a ama.

Luz em meu peito reluz,

O nome do teu coração.

Coração que bate forte

E quem sabe até com sorte,

Ilumina minha vida

E te faz ser tão querida,

Por amor ou paixão.

Luz assim teu nome chama

E na chama que te aquece,

Faz o que te enobrece e cria.

Luz que um dia se fez luz,

Que o amor te possa trazer à luz,

O rebento de um amor.

Luz que hoje nos ilumina,

Faz ao ventre da menina,

Um carinho do Senhor.

Que na luz que aquece os seres,

Dentre todos os poderes,

Haja um ao puro amor.

Que a luz da lua dos amores,

Das estrelas ou dos refletores ,

Iluminem o teu coração.

(Por: Marcos Woyames de Albuquerque)


Comentários