A CABOCLINHA DA CIDADE


Tu és a caboclinha da cidade ,

Vem cantando uma velha canção .

Teus lábios são seduzidos pela mocidade ,

Mas teus cabelos ondulados , pertencem ao meu coração .

Vejo em suas faces tão bronzeadas ,

Um longo sorriso de criança para minha sedução .

Andando pela calçada parece um encanto de fada ,

Vem despertando toda a população .

Fiquei alegre quando para mim sorriste ,

Assim veio-me uma grande emoção .

Agradeci a Deus por não ficar triste ,

E logo peguei com emoção ,

meu querido violão .

Alderico de Moraes Lopes .

Em 15/09/85

Comentários

Amigo Marcos Airosa ,
te agradeço muito a publicação da poesia do meu tio Alderico .

Tenho certeza de que onde ele estiver ,
ficará muito feliz e agradecido por essa homenagem

abs
Francisco
Aline disse…
Linda a poesia !!!
Agradeço a homenagem ao meu tio avó.

Abs,

Aline Borges
Cecília disse…
Marcos que legal essa poesia é do tio do Francisco,que linda homenagem.Meus parabéns.
Bjos
LISON COSTA disse…
Saudações!
Amigo Marcos:
Que poesia linda...Valeu a pena conferir!
Parabéns pelo Post!
Abraços,
LISON